Receber em casa: Guardanapos
06.Jul

Oi Gente! Tudo bem com vocês?

Que eu amooooo uma mesa bem posta e adoro receber em casa (isso não é novidade nenhuma para minhas amigas) Ai pensei: Porque não dividir isso com vocês também não é?

Percebo que minhas leitoras cresceram, casaram ou então já tem sua própria casa, então nada mais interessante que fazer mais posts sobre como receber, decoração de mesa, essas coisas que eu amo 😉 O que vocês acham? E separando aqui alguns temas de postagem lembrei do nosso querido GUARDANAPO

Acho que uma mesa bem posta e organizada já faz a gente “comer com os olhos”, além de uma comida bem feitinha, outros detalhes também colaboram para despertar o desejo de saborear aqueles alimentos. Um destes detalhes são os guardanapos. Eu acho Liiindo os guardanapos de tecido, mas confesso que só uso em alguns jantares. No trivial vai o bom e belo guardanapo de papel. Mas nessas situações que você vai receber amigos ou família em casa, o ideal é servir com um guardanapo de tecido. Eles servem para compor a mesa e a decoração, e muitas vezes é o primeiro elemento da refeição com o qual temos contato já pensou nisso?

Você sabe como usar o guardanapo corretamente?

*Uma das formas corretas e a mais comum, é colocar o guardanapo no centro do prato.

guardanapos

*A maneira correta de se usar o guardanapo é pegá-lo da mesa e, com as duas mãos, desdobrá-lo com um rápido movimento abaixo da superfície da mesa e colocá-lo sobre o colo. O guardanapo deve ficar dobrado ao meio com as beiradas voltadas para o usuário. Normalmente os guardanapos são grandes e não precisam ser abertos por inteiro cobrindo todo seu colo ;

*Quando se deixa a mesa durante a refeição, coloca-se o guardanapo do lado esquerdo do prato e não é preciso dobra-lo .

*O propósito do guardanapo é remover eventuais partículas presas aos lábios, enxugar levemente os lábios antes de usar o copo para não deixar nele marcas de gordura ou batom, e proteger para que partículas de alimento não fiquem em contato com a roupa.

*No caso de pratos com molho, ou pratos como lagosta, mexilhões e pratos típicos italianos, que necessitam de uma proteção maior podemos usa-lo colocando preso na gola para proteger a roupa , em alguns restaurantes típicos os guardanapos já são apresentados com modelos especiais, alguns para se prender no pescoço, outros com pequenas casas que se fixam nos botões da camisa, etc.

*Outra forma tradicional, é colocar do lado esquerdo do prato, principalmente se a louça tem muito valor, pela qualidade da porcelana, ou tem um monograma gravado, ou um desenho, ou se foram pintados a mão etc., o ideal é não colocá-lo no centro do prato, melhor deixa-lo da forma tradicional, a esquerda, afinal beleza é para ser admirada.

*Ao terminar a refeição, nunca dobre ou amasse o guardanapo ( seja ele de papel ou de tecido), nem coloque sobre o prato, coloque-o do lado direito do prato, ele tem que parecer que foi usado mesmo.

Algumas Curiosidades sobre os guardanapos:

       Até o início do século IX, era costume molhar o guardanapo na lavanda para limpar os lábios, queixos e as pontas dos dedos no final da refeição. Hoje esse costume não é aceito, ressaltando a elegância do uso dos talheres, sem uso dos dedos, e observando-se as porções adequadas a cada garfada, sem sujar lábios ou queixo. Somente algumas companhias de aviação se prendem a esse costume antigo, oferecendo a seus passageiros guardanapos umedecidos e quentes, entregues com uma pinça antes das refeições (em voos internacionais, óbvio).

No século XVII, o garfo e o guardanapo já eram parte integrante de um banquete. Dobras artísticas em guardanapos surgiram nessa época barroca (1682), e sua elaboração tornou-se uma arte, criando com ela uma nova profissão. No dia anterior aos banquetes, esse profissional se ocupava dos guardanapos, criando pássaros, peixes, chapéus, pirâmides, etc. As dobras eram feitas em homenagem a cada convidado. Era mais comum fazer dobras especiais para distinguir o anfitrião e os homenageados.

Durante o século XIX, a arte de dobrar guardanapos foi considerada exagero de ornamentação e começou a desaparecer em nome da higiene, que recomendava que os guardanapos não fossem manuseados e sim esterilizados, servidos com “pinças” (colher e garfo), sem serem tocados pelos garçons ou copeiros.

 

Uma das coisas que mais gosto em ser blogueira, é que estou sempre aprendendo, lendo e fazendo pesquisa sobre os assuntos. Para este post fiquei admirada com a história do guardanapo, para nós que gostamos de receber bem, de compor uma mesa, ele tem um papel importante, ainda que não seja de tecido, tem que ter uma boa qualidade, pois quando é ruim, machuca a boca, deixa a mesa feia, e dá o tom de desleixo do ambiente não é? Já um guardanapo bom, deixa sua mesa perfeita para momentos felizes entre amigos que com certeza é a melhor parte!

Espero que tenham gostado, até o próximo post 😉

0
Resenha batons Very Me
26.Jun

Oi Gente! Fico tão feliz quando conheço marcas novas brasileiras com super potencial e além de tudo são Curitibanas! Muito orgulho S2

Semana passada conheci a marca Very Me Cosmétics, criada pela maquiadora Veridiana Coelho que já acumula experiência e bagagem de maquiagem na sua vida a muitos anos 😉

Ela criou a marca com 10 cores de batons e por enquanto já lançou duas. Desenvolveu essas cores de acordo com o perfil da mulher brasileira. Além das embalagens moderninhas e com cara de importadas (que eu amei!) O mais legal é que todos os batons são cruelty free (não testado em animais), glúten free (uauuuu !) e chumbo free.

As duas cores de batons são: Pure que é um nude e o Vampire que é um vinho.

Os batons são acetinados. Com acabamento entre cremoso e matte, sem brilho e com uma textura mega confortável. Eu amei porque proporciona conforto aos lábios na hora de passar, são bem pigmentados principalmente o Vampire, que cor mais linda! Ah! e eles tem uma ótima duração.

A Veridiana contou que pretende lançar a coleção completa com as 10 cores em breve. Amei tanto essas duas que já estou na expectativa das outras 8 por aqui o/

Algo que eu achei muito legal é que além da qualidade e capricho na produção dos batons o preço é ótimo R$ 35,00 cada.

Conheçam mais da marca pelo site: www.veryme.com.br

E pelo Instagram: @verymecosmetics

 

0

Arquivado em: Batom, Curitiba, Resenhas

3
The Bugs Life!
23.Jun

Não esse não é um post sobre o filme fofinho da Pixar com a vida dos insetos, mas sim sobre essa tendência que veio com tudo e eu estou amando…

Eles já apareceram em coleções passadas, porém só agora que pegou mesmo. Essa trend começou a ser usada por grifes internacionais, como a Gucci (amooooo a coleção com cobrinhas e abelhas!) Lanvin e Roberto Cavalli, e agora várias marcas nacionais já tem suas peças seguindo essa tendência.

gucci bugs

Os insetos que mais vemos são: libélulas (amo!), moscas, borboletas, besouros e abelhas. Esses insetos aparecem em roupas, sapatos, broches, bolsas, acessórios e até mesmo em objetos de decoração.

Várias fashionistas já estão usando bastante insetos em seus looks, e por isso separei alguns looks de inspiração para vocês e algumas peças com insetos para quem ainda não conhece a tendência 😉

insetos

bugs street style

insetos

0

Arquivado em: Moda, Street Style, Styling

3
Cooking With Glam: Creme de mandioca com carne
21.Jun

Friozinho por aqui, então nada melhor do que uma receita delicia para aquecer o coração.

Tem dias que o que você mais quer é chegar em casa, abrir uma taça de vinho e comer algo gosto e quentinho não é? E para mim sinônimo de gostosura para o inverno é um creme ou uma sopinha bem delicia. Como eu amooooo sopa e também mandioca, porque não juntar os dois não é?

Hoje vou compartilhar com vocês uma receita super fácil e que é sucesso lá em casa : Creme de mandioca com carne

mandioca

 

Ingredientes:

800 gramas de mandioca

500 gramas de carne em cubos ( patinho, coxão mole, etc.)

01 cebola media ralada

01 caixinha de creme de leite

02 colheres de sopa de manteiga

1 cubo de caldo de costela

200ml de leite

01 colher de sopa de azeite

01 colher de chá de colorau

02 dentes de alho espremidos

sal e pimenta do reino a gosto

cebolinha verde a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela de pressão, em fogo médio, aqueça a manteiga e doure a cebola e o alho. Adicione a carne e frite até dourar. Esfarele o caldo de costela (pode ser de carne também), tempere com sal, pimenta, adicione a mandioca e refogue por 5 minutos.

Coloque água  o suficiente para cobrir todos os ingredientes e tampe a panela de pressão. Cozinhe por 25 minutos depois que começar a chiar. Retire alguns pedaços de mandioca, amasse com garfo e volte para a panela. Se necessário, adicione um pouquinho mais de água e cozinhe por 5 minutos .

Dependendo do tipo de mandioca, pode ser necessário um tempo maior de cozimento então o certo é ir verificando antes o nível de água para não queimar. O ponto correto é quando a carne e mandioca estão bem molinhas e formam um caldo grosso.

Agora é só transferir para uma sopeira, decorar com a cebolinha e servir em seguida.

Bom apetite!

Para quem é amante de mandioca assim como eu, tem receita de escondidinho de mandioca com carne seca AQUI

0
Garotas eu fui para a Califórnia!
16.Jun

Chegueiii leitores queridos da Kerou, com mais um textinho contanto POR ONDE ANDEI.

Já se foram quase 10 anos dessa experiência em que passei um mês na California, é  inspirador falar de um momento que  já fazem tantos anos, e pensar em quem eu era e quem me tornei desta experiência para cá,  as amizades que ficaram, as que se foram e os ciclos da vida.

Falo das amizades pois foram fundamentais para viver essa viagem.

california e-glam

Entre 2004 e 2008 acho que foram os anos que mais amigos fizeram as malas para viver uma experiência de intercambio em San Diego, algumas estão por lá até hoje, tiveram os que voltaram com o amor de sua vida, outros que ficaram por lá e casaram, outras que passaram 06 meses, ou os que ficaram 2 anos. Entre trabalhos em estações de esqui, lanchonetes, babás, bares e muita diversão em um cenário de pequenos apartamentos  com muita gente morando junto, jovens estavam em busca de viver a vida intensamente se encontravam na américa.

Recebia as notícias das amigas que estavam e lá via e-mail, msn ou Orkut ;).De 2007 para 2008 tinham 04 amigas que estavam morando em um apartamento de 02 quartos  em 07 pessoas, e tinha um espacinho em uma das camas para mim rs, foi então que decidi aproveitar as férias de final de ano e de algum jeito e programei para passar um mês com a ajuda de uma das meninas que fez minha matricula em um curso de inglês e agilizamos meu visto.

San Diego tem uma energia muito boa, acho que o fato de estar perto do mar faz com que a cidade apesar de grande, tenha um ar aconchegante de cidade de interior, cada bairro tem características próprias e até tribos que fazem pequenos centros onde se misturam gente de todo o mundo. Com muita influência mexicana, já que esta ali na fronteira com a cidade de Tijuana, e por isso comer burritos recheados de batatas fritas e molho de pimenta define para mim o sabor dessa cidade.

Ruas largas, condomínios de prédios, casas simples ou casas incríveis a beira do mar. Quase todos os meus amigos lá tinham carro, então programar uma viagem pelo estado foi fato e maravilhoso! Fomos a Big Bear nas estações de esqui, fizemos a rota 1 de são Francisco até retornar a San Diego, passando por Los Angeles e claro todo o encanto da cidades dos sonhos, cinema, glamour e também despojamento, sim é um mix de sensações Los Angeles.

Retomando do início da rota: São Francisco tem todo seu charme das ruas íngremes, casinhas simpáticas e a vista para a prisão de Albatroz  que respira história dos grandes criminosos. Assim seguimos a rota parando ao decorrer e horas nas free aways (auto estradas), horas margeando o mar. Uma das cidades que me apaixonei e moraria seria Santa Mônica, é um charme, universitária e simpática.

Para que não sabe a capital do estado da Califórnia é Sacramento e não San Diego ou Los Angeles, por lá não paramos somente passamos no decorrer da rota, nesse percurso também tive a experiência incrível de assistir Corteo, um dos mais belos espetáculos do Cirque de Soleil.

Para quem gosta de compras, se preparem para os shoppings de bairros, com deliciosas lojas onde um trio de blusinhas básicas a 1 dólar, a minha preferida foi a Closet tenho algumas peças dela até hoje. Se preparem para a Target uma imensa loja de departamentos com tudo o que você possa imaginar e vai querer, ou ainda na Ross compra roupas, perfumes, mochilas de marca por preços surreais de baratos.

california e-glam

A Califórnia, realmente é encantadora, suave em meio a um clima ameno e colorido, que te possibilita a neve ou a praia a poucos horas de distância, ou poder visitar um dos maiores zoológicos do mundo e o atravessar do alto por um pequeno e charmoso teleférico, e também tomar um banho da baleia Shamu no parque do Sea World!

É meninas, se posso dar um conselho:  vá para a Califórnia!

0
Resenha Sebium Global Bioderma
13.Jun

Saudades das resenhas aqui no blog? Hoje vou contar sobre um dos meus produtinhos preferidos o Sebium Global da Bioderma. Uso ele já faz um pouco mais de um ano, com a maravilha que agora a marca é vendida no Brasil e a gente pode encontrar em várias farmácias. Sem o stress de ficar esperando a próxima amiga viajar para trazer pra gente kkk

bioderma sebium global

Sébium Global é o primeiro cuidado anti-imperfeições e antimarcas de acne que corrige a composição do sebo das peles acneicas. Os componentes presentes em toda a linha Sébium, ajudam a regular biologicamente a qualidade do sebo, acalmar e desinflamar a pele, prevenindo as imperfeições das peles oleosas e acneicas, com ação clareadora.

Minha pele não é muita oleosa, mas por causa da maquiagem de todo santo dia e com a base que tenho usado diariamente, percebi que minha pele está com mais poros e cravinhos (principalmente no nariz). O legal é que ele age nas consequências da acne, desobstruindo os poros e acalmando e reduzindo as vermelhidões e inflamações dos cravinhos e espinhas. Essa loção restabelece a função hidratante e protetora do sebo, além de controlar a oleosidade da pele.

Bioderma e-glam

Conselho de Aplicação

Com a pele limpa, aplique o tratamento para acne por todo o rosto, evitando a área dos olhos. Usar duas vezes ao dia, pela manhã e a noite. Não indicado para gestantes.

Resultado

Pele com menos acne e inflamações, com a oleosidade controlada e com a textura mais uniforme 😉

0

Arquivado em: cosméticos, facial, Resenhas

5
Lugares para jantar no dia dos namorados em Curitiba
07.Jun

Além do clima romântico nada como um bom jantar para comemorar o dia dos namorados.  Já sabe onde vai com o mozão??? Separei algumas dicas de restaurantes aqui de Curitiba para comemorar o dia 12 de junho. Vem conferir e saber onde vai fazer sua reserva 😉

Papôla

Que tal uma experiência gastronômica e sensorial para o dia dos namorados ?

O Papôla não abre nas segundas, mas no dia 12 de junho vai fazer uma exceção para o Dia dos Namorados e funcionará a partir das 19h30 em um clima escurinho e super aconchegante, embalado por músicas que vão do jazz à MPB. O prato, que serve de duas a três pessoas, é composto por pães rústicos, queijos, frios, frutas, castanhas, chocolates, geleia artesanal, entre outros, e tem a proposta de comer com as mãos e dividir entre os componentes da mesa. A sugestão é harmonizar com espumante, vinho rosé ou vinho tinto – conforme preferencia do paladar de cada um. O menu da noite tem o valor de R$230 e inclui o Dolce Far Niente, uma garrafa de vinho tinto e crème brulée para dois, de sobremesa. É possível reservar mesas para curtir esse momento em conjunto (de quatro a seis pessoas). Neste dia, impreterivelmente, o restaurante irá operar apenas mediante reserva.

papola dia dos namorados

Rua Barão dos Campos Gerais, 355, loja 38 – Juvevê

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h30 às 19h; sábados, das 9h às 16h.

Telefone: (41) 3512-4904

 instagram.com/pap_ola

facebook.com/papolabistrocafe

Nou Nikkei

 Dia dos Namorados este ano cai numa segunda-feira e, nem por isso, o romantismo precisa ficar de lado certo? Pensando em tornar a data ainda mais especial, o Nou Nikkei elaborou três menus exclusivos para os casais que escolherem a casa para comemorar a data.

            O primeiro menu com seis passos é composto por uma taça de Ceviche Peruvian clássico, dupla de Nigiri Romi Tropic e Uramaki Spicy Tuna. De entrada quente, dupla de frutos do mar ao carvão. Já para o prato principal, lomo salteado Nikkei e, para fechar a noite, rolinho dos sonhos para sobremesa, por R$ 140,00 por pessoa.

Já o segundo menu é composto por sete passos. De entrada, taça de Ceviche Sake Tai, Sashimi del dia, dupla de Nigiri Nikkei e dupla Djo Mediterrâneo.  Para entrada quente a sugestão é o wagyu balls. Para o prato principal, Sakana Nou e, para finalizar a noite, de sobremesa o suspiro 333 por R$ 175,00 por pessoa. E o terceiro menu é de oito passos. O jantar especial começa com cortes de Tiradito Tropic, dupla de Nigiri Trufado, dupla de Foie Gras e cortes Uramaki Saltiado de Mignon. Já de entrada quente, dupla de Gyosa e dupla de Vieira à Parmesana. Para prato principal Udom Bangkok e, para fechar a noite, Misky Alfajor por R$ 225,00 por pessoa. Todos os menus terão welcome drink na chegada do casal ao restaurante.

 Rua Fernando Simas, 333

Batel Soho

Tel: (41) 3538-6956

Horário: de terça à quinta das 19h às 23h30. Sexta e sábado: das 19h à 0h30.

www.restaurantenou.com.br

Armazém Santo Antonio

No dia 12 de junho, o restaurante oferece um cardápio exclusivo com quatro opções de prato principal, três entradas e uma sobremesa ideal para o casal dividir. Cada menu tem um valor diferenciado, dependendo da escolha do principal. A casa funcionará das 19h30 às 23h30, abrindo no primeiro dia da semana especialmente para a ocasião. Irá trabalhar com dois horários: 19h30 e 21h45.

 Para entrada, pode-se escolher entre Salada caprese, ou Tarte de alho poró, ou Vieiras grelhadas, batata doce e poivre vert. No prato principal, entre os destaques está o Confit de Canard com raclete de batata ao molho de laranja kinkan, que sai a R$ 125. Já o Mignon (R$ 120) é preparado com crosta de ervas guarnecido com risoto de alcachofra e brie. Os fãs de peixe podem degustar do Robalo com crosta de castanhas brasileiras e purê de batata salsa, a R$ 128. Outra iguaria com frutos do mar é o prato de Camarões rosa grandes gratinados com ementhal e espinafre, guarnecido com arroz negro (R$ 148). Na sobremesa, Torta de amêndoas com creme chifon e chocolate.
 
 Horário: A casa abre às 19h30
Endereço: Rua Solimões, 344 – São Francisco, Curitiba – PR
Informações e reservas: (41) 3077-5505 |
www.armazemsantoantonio.com.br
  

Bobardí

O jantar do Dia dos Namorados será comemorado em duas datas no Bobardí, nos dias 11 e 12 de junho. O chef Dyogo Prado elaborou dois cardápios completos e os casais vão ganhar um drink cortesia à base de espumante. O menu 1 sai por R$ 149 por pessoa, incluindo entrada (folhas verdes com queijo brie empanado e assado, regado com molho de vinagre balsâmico ou batuta, um filé mignon picado na ponta da faca, com ervas ao aroma de tartufo), prato principal (filé de namorado ao champagne com purê de cenouras, talharim artesanal com ragú de cordeiro ou tournedor de mignon ao molho mostarda acompanhado de linguini na manteiga de sálvia) e sobremesa (mini naked cake de chocolate belga com frutas vermelhas ou crumble de maçã e canela, farofa de amêndoas e sorvete de baunilha artesanal).
No menu 2, de R$ 179 por pessoa, os casais poderão escolher entre a entrada ceviche de polvo ou a entrada francesa vol au vent de cogumelos (cestinha de massa folhada recheada com cogumelos). De prato principal tem o filet rosini com purê de espinafre; camarões flambados servido com talharim de pupunha refogado na manteiga noisette e molho suave de cury; ou o carré de cordeiro com crosta de pistache e batata au gratin. Para a sobremesa serão ofertadas as mesmas opções do Menu 1, com uma opção extra, o profiterolis recheado com sorvete de dulce de leche e calda de chocolate.

As reservas podem ser efetuadas pelo site www.bobardi.com.br em dois horarários, às 19h30 ou 21h30

bobardi

 

Endereço: Av. Munhoz da Rocha, 757 – Cabral

Reservas: www.bobardi.com.br

 

Lagundri

 

A programação do Lagundri para o Dia dos Namorados contará com uma decoração intimista e um cardápio servido em três dias: no sábado, domingo e na segunda-feira (10, 11 e 12). O restaurante definiu também dois horários de funcionamento: das 19h às 21h30 e das 22h à 00h. Os chefs Marcelo Amaral e Thom McDougall idealizaram quatro menus fechados, com valor total para o casal, específicos para a ocasião: o Menu Mar, o Menu Mar e Terra, Menu Terra e Menu Veg. Eles incluem entrada, prato principal e sobremesa.

Os preços dos menus variam de R$ 360 a R$ 425 para o casal

Rua Saldanha Marinho, 1061 – Centro

Telefone: (41) 3232-7758

 

 La Varenne

Os casais apaixonados já podem fazer a sua reserva no La Varenne para a data mais romântica do ano. No Dia dos Namorados (12), será servido um cardápio exclusivo para o jantar, elaborado pelos chefs Mayra Batista e Felipe Miyake. O menu tem o toque franco-italiano da casa em todos os pratos e preço fixo de R$ 340 por casal. Confira a sequência de pratos que foi pensada de maneira a transformar o momento, além de comemorativo em uma experiência muito especial a dois:

Os conhecidos e apreciados pães do La Varenne serão servidos em tamanhos individuais: mini baguettes, focaccia e brioche à Tête. Acompanha manteiga fresca batida, geleia de pimenta e pesto de nozes.

Os casais também vão provar amuse bouche surpresa que os chefs somente revelarão na hora do jantar. Trata-se de um complemento do couvert, muito utilizado na França, próprio para dar início à sequência de pratos e atiçar o paladar dos comensais.

1º prato: Ravioli nero di sépia recheado com polenta cremosa ao molho de limão, acompanha anéis de lula sauté.

la verenne dia dos namorados

2º prato: Filé Wellington, com batatas coradas, espinafre sauté e nozes.

De acordo com o chef Felipe, já fazia tempo que o Filé Wellington estava na pauta da equipe de cozinha. “Chegou a hora de servir esse clássico que com certeza vai agradar muito o paladar dos casais.”

O Filé Wellington, homenageia o comandante britânico que derrotou Napoleão Bonaparte na Batalha de Waterloo em 1815.  Apreciado pelo efeito elegante à mesa e irresistível suculência. Sua preparação pede tato e cuidado ao utilizar um filé mignon que é embrulhado em massa folhada e assado no forno.

la varenne dia dos namorados

A sobremesa é à base de chocolate, framboesa, hibisco e laranja. Brinca, basicamente, com a acidez e a doçura e com texturas cremosas, crocantes e geladas. Por todos estes elementos foi batizada de Secret Garden.

“É uma sobremesa autoral e sua elaboração foi pensada para agradar as preferências feminina e masculina, que quando degustada, se completam trazendo sabores e texturas diferenciadas”, conta a chef Mayra Batista.

Quem garantir a reserva antecipada, vai receber um presente especial. Os casais ganharão a maçã Amarena Blossom da Mary Ann Apple Factory, preparada especialmente para ser lançada no Dia dos Namorados.

Avenida do Batel, 1.868 – Piso L4

Menu por casal: R$ 340 (não inclui taxa de serviço e bebidas)

Reservas: (41) 3044-6600

 

Vin Bistro

Para o dia mais romântico do ano, a chef Cláudia Krauspenhar elaborou um menu especial que será oferecido no jantar dos dias 9, 10 e 12 de junho (sexta, sábado e segunda-feira), no VIN Bistrô.

Entre as opções de entrada estão: ostras gratinadas ou raviolo gema de ricota e espinafre e salsa trufada.

vin bistro dia dos namorados

Para os pratos principais, a aposta da casa é camarões rosa grelhados com linguini fresco ao molho de laranja e limão siciliano, ou mignon em crosta de pistache ao molho de vinho do porto e tarte de legumes na massa filo. Fechando a refeição, duas sugestões de doces: coração folhado ao creme pâtisserie com morangos e suspiro de camomila ou semifredo de chocolate belga e praliné de avelãs.

O menu completo, com uma entrada, prato principal e sobremesa, sai por R$149 por pessoa e o restaurante não cobra taxa de serviço. As bebidas serão cobradas à parte e a sugestão da chef, para a ocasião, é harmonizar o jantar com Chandon Rosé que, no dia, estará com uma promoção especial: R$140 a garrafa. O casal que fechar o menu completo e harmonizar com a Chandón Rosé, ganha uma caixa de som bluetooth exclusiva da marca – os brindes são limitados, enquanto durar o estoque.

Rua: Fernando Simas, 260 – Batel

Telefone: (41)3225-3444

www.vinbistro.com.br

Espero que tenham gostado das dicas 😉

0
Bralettes
29.May

Com certeza você já teve ter ouvido falar nos bralettes, aqueles soutiens com formato triangular e sem aros! Suuuper confortáveis eles vieram com tudo para dar um toque mais cool ao look ou por baixo de transparências.

Originalmente, o bralette era um tipo de sutien esportivos que se diferenciava por não levar ferros de sustentação – semelhante aos tops. Atualmente, a peça que já ganhou adeptas como a atriz Bruna Marquezine está mais trabalhada, ganhou mais rendas, aplicações e alças diferentes. Tudo para se tornar o destaque do look.

Praticamente todas as marcas tem esse modelinho, inclusive vi alguns bem fofinhos na Fores 21

Aqui vai mais algumas fotos para inspirar 😉

Sugestões de onde encontrar:

1- Amaro (R$ 59,90*); 2- Janiero na Farfetch (R$ 209*); 3- Loungerie (R$ 24,90*); 4- Renner (R$ 39,90*).  (Fotos:/Divulgação)

 

Beijos

0

Arquivado em: compras, Moda

3
Curitiba fica um pouco mais doce ;)
26.May

Essa semana foi a inauguração da The Cakery , um ateliê fofíssimo de doces e gostosuras num pedacinho do Champagnat.  A Cassi já era minha conhecida primeiramente pelo insta, depois por algumas encomendas (inclusive de ovos de páscoa recheados uma perdição de tão bom) e também por causa do encontrinho e bate papo com a Jô do Futilidades à convite do O Boticário que foi lá. O espaço é encantador! E como ela mesmo falar um lugarzinho especial para receber suas clientes.

Seria um tanto repetitivo eu falar que TUDO simplesmente TUDO que a Cassi faz é gostoso. Mas olha, posso dizer que tem alguns doces que é perdição REAL de tão bom! O brigadeiro de churros e o bolo que combina doce de leite, morango e frutas vermelhas ganharam lugar especial no meu coração. Fica a dica para sua próxima encomenda ou se for provar essas delícias na The Cakery 😉

brigadeiro de churros the cakery

Fotos: Eros Hobmeir

Apaixonada pelo mundo da confeitaria, a publicitária Cassiana Kalache Sebben não poderia comemorar os quase três anos da The Cakery de melhor forma: seu ateliê de doces ganha loja física no coração do Champagnat, amplia o cardápio e, claro, o número de atendimentos. “Meu intuito era de receber os clientes que encomendavam meus produtos num ambiente gostoso, oferecer um café, conversar com eles e também poder multiplicar o número de pedidos e produtos”, conta a jovem confeiteira. E o sonho virou realidade! A The Cakery abre as portas na Bruno Filgueira, esquina com Princesa Isabel, em Curitiba, com a proposta de deixar a cidade um pouco mais doce.

O foco do ateliê são os bolos – grande paixão da proprietária: desde naked cakes até bolos decorados com barrinhas de chocolate artesanal, de churros, com macarons ou temáticos. O principal diferencial é exatamente o visual, que é de comer com os olhos, além do sabor que é, claro, irresistível.

No menu, estão também brigadeiros gourmet em diversos sabores, como: churros, ninho, chocolate branco e preto belga, entre outros; doces especiais como banoffi e cheesecake; além dos macarons e da nova aposta da casa à pronta entrega: os bolos caseiros de toalha felpuda, cenoura com calda de chocolate, laranja com brigadeiro branco, formigueiro, entre outros. Para presentear, sua aposta é nas lembrancinhas personalizadas, como pirulitos, brigadeiro no potinho, cone recheado, mini naked cake ou caixinhas de brigadeiro personalizadas. Todos os ingredientes são selecionados e a produção é 100% artesanal.

Além das produções da casa, a The Cakery passa a ser um dos pontos de venda da Cookietiba Cookies Artesanais.

Cassiana já produziu bolos para aniversários, chás de panela, de bebê, comemorações e eventos empresariais e, agora, com o espaço físico, a ideia é receber as clientes para um café enquanto aguardam suas encomendas ou que vão até o ateliê em busca de algo para adoçar o dia.

A The Cakery funciona de segunda a sexta, das 11h às 19h e sábado, das 11h às 16h na Rua Bruno Filgueira, 1702 – Champagnat , na esquina da Igreja dos Passarinhos.

 The Cakery

Rua: Bruno Filgueira, 1702 – Champagnat

Telefone: (41) 3019-5379 ou 99222-5379 (somente whatsapp)

Instagram: @thecakerycwb

Facebook: /thecakerycwb

0
Burnout: a síndrome do esgotamento profissional
12.Apr

burnout e glam

Exaustão emocional, fadiga, impaciência, irritabilidade, estresse, falta de concentração, falhas de memória, decepção e baixa satisfação com as atividades do trabalho, além de insegurança a respeito de suas habilidades profissionais. Se você se identificou com estes sintomas, pode estar sofrendo com a síndrome de burnout. Cada vez mais frequente – uma pesquisa realizada pela sede brasileira da International Stress Management Association com mil profissionais identificou que 72% dos entrevistados sofriam com estresse, sendo que 30% deles apresentavam o Burnout – a síndrome, que inicialmente foi identificada em profissionais que lidam diretamente com o público, como médicos e professores, hoje pode afetar qualquer um: do alto executivo à dona de casa.

“Estresse todo mundo tem, em algum momento, e por vezes até com muita frequência. Mas é passageiro e não consome o pensamento em tempo integral. O indivíduo estressado com o trabalho mantém a capacidade de se desconectar, seja num final de semana ou nas férias, com a resolução do problema emergencial que gerava o estresse”, explica o psiquiatra Carlos Augusto Maranhão de Loyola. Mas quando estes sentimentos se prolongam e o ambiente de trabalho passa a acarretar uma série de problemas de saúde, como hipertensão, obesidade, distúrbios do sono e dores no corpo, é preciso ligar o sinal de alerta. “Quando a síndrome se instala, a pessoa apresenta sintomas de esgotamento mental e deixa de realizar atividades que saiam da rotina casa-trabalho. O indivíduo dorme mal, se alimenta mal e coloca a atividade física e os momentos de lazer de lado. A preocupação com trabalho se torna uma constante”, revela Loyola. Segundo o especialista, as vítimas do burnout ainda passam a duvidar de sua própria capacidade de solucionar problemas profissionais, sentem-se desassistidas e passam a um estado de indiferença emocional generalizada, tanto nas relações profissionais e pessoais – muitas inclusive podem desenvolver a dependência química, já que buscam em determinadas substâncias um canalizador para toda esta angústia.

Mas o que pode gerar a síndrome? Carga horária excessiva, funções extremamente burocráticas, pouca liberdade no exercício do trabalho, turnos irregulares, estrutura desorganizada da empresa e chefias que dão ordens ambivalentes são os gatilhos mais comuns para o adoecimento profissional. “Indivíduos com característica de personalidade perfeccionista, ansiosos, competitivos, narcisistas, pessoas que não medem esforços para se destacar, sempre com a intenção de manter um alto desempenho, também são mais propensos a ter a síndrome”. Segundo dados de 2016 da Previdência Social, mais de 75 mil trabalhadores foram afastados de suas funções no período em razão de quadros depressivos, como o burnout – até 2020, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão será a doença mais incapacitante do mundo.

O tratamento precisa objetivar uma mudança no estilo de vida, tanto no que diz respeito à relação do indivíduo com o trabalho, quanto aos padrões de sua personalidade que possam facilitar o desenvolvimento do burnout. “Isso pode ser conquistado por meio da psicoterapia e de uma reorganização de vida que leve o sujeito a controlar melhor a separação entre a entrega saudável e prejudicial ao trabalho. Entretanto, nos casos em que as alterações de humor ou a ansiedade sejam muito evidentes, pode ser necessária a prescrição de psicofármacos “, afirma o psiquiatra. A prevenção, no geral, se dá por hábitos de vida saudáveis – atividade física regular, alimentação saudável, sono adequado, separação de momentos para o lazer e trabalho. “Precisamos tomar as rédeas da rotina, saber colocar limites, não deixar de fazer aquilo que nos traz recompensa – seja um futebol para descontrair com os amigos, um final de semana desconectado do celular com a família ou tempo para brincar com os filhos”.

Fonte:

– Carlos Augusto Maranhão de Loyola – médico psiquiatra formado pela UFPR, pós-graduado em Dependência Química pela Universidade Federal de São Paulo, em Terapia Cognitivo-comporamental pela Sociedade Paranaense de Psiquiatria e em Medicina Legal e Perícias Médicas pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. É membro da Associação Brasileira de Psiquiatria e da Câmara Técnica de Psiquiatria do CRM-PR. Atua como médico psiquiatra e perito judicial psiquiatra e é também sócio e professor da EnsinoMed.

 

0

Arquivado em: Para pensar..., saúde

7
Páginas12345... 125»