Sumiço, e a história da pior dor de cabeça da minha vida
31.Mar

 life

Oi meu povo!!!  Quanto tempo que não escrevo por aqui, e confesso que eu estava com saudades. Tive férias forçadas por um tempo, afastava do trabalho, computador e tudo mais…

Para quem não sabe eu tive um aneuorisma cerebral hemorrágico no dia 26 de dezembro, fiquei 28 dias no hospital, 20 na UTI .Foi bem difícil, mas graças a Deus estou me recuperando super bem e posso dizer que mais alguns meses estarei 100% =)

Para entender um pouquinho do que eu tive, O Aneurisma é uma dilatação anormal de um vaso sanguíneos, por enfraquecimento local de sua parede, isso pode acontecer com quem fuma, por infecções, trauma até alguns de origem congênita.

Algumas vezes estas dilatações acometem artérias cerebrais, são os chamados aneurismas cerebrais. Caso o aneurisma venha a romper-se ( o meu caso), há sangramento para o espaço que está ao redor do vaso (espaço subaracnóideo) chamada hemorragia subaracnóidea. O sangue derramado “irrita” as artérias podendo provocar uma série de “estrangulamentos vasculares” denominados vasoespasmos, situação grave capaz de deixar sem irrigação um setor do cérebro provocando inchaço cerebral, falta de circulação a até morte. No meu caso fiquei com paralisia em todo o meu lado esquerdo do corpo (inclusive na face) o que me deixou muito apavorada. Mas o que me tranquilizava era que todo tempo eu estava consciente apesar das dores absurdas de dor de cabeça.

Depois de uma cirurgia e muitas fisioterapias voltei com todos os movimentos e tenho agora apenas uma pequena sequela no olho esquerdo decorrente de  uma hemorragia na retina,  mas o médico disse que com o tempo voltará ao normal, e o corpo mesmo vai absorver este sangue.

Pois é um grande susto quando essas coisas repentinas acontecem, e a gente percebe o quanto nossa vida é passageira. Um dia você acorda super bem, vivendo uma vida normal e em um piscar de olhos você se vê presa em uma cama, sem seus movimentos, e com risco de morte. Ainda mais quando você não tem nem 30 anos e pensa que tem muita coisa ainda para fazer na vida. Escrevo aqui para vocês com lagrimas nos olhos lembrando o que aconteceu comigo pois foram momentos difíceis para mim e também para minha família que me apoiaram muito e sempre estiveram ao meu lado, com muitas orações.  Em momento algum duvidei da capacidade do meu médico sempre muito seguro, sereno e competente. Foi ele que me proporcionou aos meus 29 anos de idade, meu Renascimento no dia 28/12/2014. Tenho três agradecimentos a fazer : à DEUS, por me permitir estar dando este depoimento, à minha família por lutar junto comigo do início ao fim, e ao Dr. Vinicius Borges e Dr Luciano que com suas mãos abençoadas, tornaram tudo isso possível. Sou eternamente grata a esses dois grande profissionais que com enorme competência, atenção e paciência me ajudaram a seguir em frente com uma vida que estava só começando …

A cada dia que passa tenho mais certeza que sou uma pessoa de muita sorte ! Às vezes ainda penso que tenho alguns “parafusos” a mais na cabeça. Mas e daí? O importante é que a vida nos dá algumas oportunidades, e temos que aproveitar!

large2

2

Arquivado em: Uncategorized

2 Comentários para “Sumiço, e a história da pior dor de cabeça da minha vida”

    Gravatar Letícia Chaves
    24 June 2015

    Karol querida, confesso que não entrava em seu blog há algum tempo, mas no início deste ano percebi a sua ausência.
    Fizemos uma vez um curso de maquiagem na Renner, do Shopping Barigui, você foi super querida e atenciosa comigo, lhe deu seu cartão e passei a visitá-lo!
    Mesmo de longe, me emocionei com seu relato e fiquei muito feliz por tudo estar melhor agora, as coisas passam, nos recuperamos e Deus sempre está presente em nossas vidas!
    Um carinhoso abraço e lhe desejo muitas felicidades, muitos anos de vida, de alegria e de sucesso!
    Letícia Chaves


    Gravatar Kerou
    25 June 2015

    Lê querida!! Que delícia receber seu comentário!!! Muito Obrigada pelo carinho =)

    Beijokas**


Deixe seu comentário